Como fazer a velocidade e performance do seu site parte da sua rotina de SEO

Publicado em 20/09/2018

Como fazer a velocidade e performance do seu site parte da sua rotina de SEO


Ter sucesso em uma estratégia de SEO não significa somente entender como funciona o algoritmo do Google hoje, mas sim ter insights de como ele será no futuro.

Com um pouco de feeling, fica claro que o Google em um futuro próximo dará mais peso à experiência do cliente com a velocidade de carregamento da página como parte de sua estratégia de priorizar o acesso mobile no ranqueamento das pesquisas

No post de hoje mostraremos porquê você deve fazer parte de sua rotina de otimização de SEO tarefas de análise de velocidade e performance do seu site.

Quer saber por que o Google está investindo tanto em desempenho de página?

Acompanhe nosso post abaixo!

O futuro é mais rápido

Todo mundo diz que o futuro vem rápido, mas vamos defender aqui que o futuro (da internet) é ser mais rápida.

Pense: Internet discada > Banda larga > Internet a cabo > …

A gigante de tecnologia, neste sentido, tem dado alguns passos que indicam como será o futuro:

  • AMP: Por dificuldade em ter sites rápidos, o Google investiu pesado em uma tecnologia que permita trazer mais informações para as páginas de resultados do mecanismo de pesquisa (SERPs), de maneira a entregar o conteúdo com mais velocidade. O Google quer entregar rapidamente ao cliente conteúdo em diversas mídias.

  • Google Fiber: A empresa está investindo para que pessoas tenham uma conexão de internet mais rápida para ter uma internet mais rápida. Aliás, uma web mais rápida permite uma presença mais forte na Internet em nossas vidas diárias e é a base do sucesso da Internet das coisas (IoT). O que a internet é hoje é muito resultado da entrega de conteúdo e experiência. Com este projeto, a empresa imagina que, quando as instalações de fibra atingem massa crítica e o gigabit se torna o padrão, a internet começará a atingir seu potencial máximo.

  • Google Developer Guidelines: quase uma “constituição” das melhores práticas para desenvolvedores trabalharem no desenvolvimento de soluções digitais com uma experiência melhor ao usuário. Entre as dicas, a empresa diz que o tempo ideal de resposta de um servidor deve ser de 200 milisegundos e menos de 2 segundos de carregamento de página na primeira dobra (primeira parte do site).

Bem, não há dúvidas de que o desempenho das páginas é muito importante para o Google.

Mas como, então, principalmente para profissionais de marketing digital, especialistas de marketing de conteúdo e desenvolvedores, podem trabalhar com velocidade e desempenho na rotina diária de SEO?

O primeiro passo é ter dados. Os dados de desempenho não são diferentes de posições, taxas de cliques e impressões, por exemplo.

O que usar

Primeiro de tudo, você precisa ter acesso à ferramentas de desempenho de página. E mais de uma, pois somente uma pode ainda haver uma imprecisão de dados. Aliás, dados são só úteis quando são confiáveis.

Na internet, existem algumas ferramentas como:  DynaTrace, Quantum Metric, Foglight, IBM e TeaLeaf coletam dados em tempo real, mas vêm com um alto preço ou licenças limitadas. 

No entanto (por incrível que pareça), as gratuitas fazem mais sentido à rotina como:

Google Page Speed Insights — Nada como perguntar ao oráculo o que ele acha da performance da sua página.

Pingdom.com — Uma ferramenta sensacional para conseguir uma linha de métricas e recomendações de melhoria para o servidor de sua solução digital. Inclusive ele analisa internacionalmente como está a performance do seu site.

GTMetrix.com — Próximo ao pingdom, no entanto, ele te dá um relatório detalhado das melhorias que você precisa realizar e mais um bechmarking de três análises diferentes de performance.

WebPageTest.org — Ele não é tão “legal”, mas você pode capturar todas as métricas necessárias. Ótimo para validar os dados obtidos de outras ferramentas.

Ok, mas com todos os dados, o que devemos realizar?

Amostragem

Claro que é possível só analisar uma única URL de um post específico para saber se ele está performando bem. No entanto, se você quiser saber o que deve alterar no site inteiro para melhorar a performance, é melhor trabalhar com uma amostragem.

Se você estiver trabalhando com um e-commerce, por exemplo, se o foco é saber se a página específica de detalhes do produto está lenta, você deve reunir métricas de 10 páginas de produtos e produzir uma média.

Por exemplo:

 

Página




Score Mobile

Score Desktop

Tempo de resposta médio

Tempo de carregamento médio mobile

Tempo de carregamento médio desktop

/produtos

45100

59100

260ms

5.7s

4.7s

 

Desta forma,  você pode aprofundar o código-fonte, a infraestrutura, o projeto de arquitetura e a rede para determinar exatamente quais melhorias são necessárias para levar as métricas aos objetivos alinhados. 

É importante saber se a tecnologia está aliada ao propósito do marketing neste sentido.

Muitas vezes, não dá para querer otimizar um serviço a qual é limitado, por exemplo, um servidor compartilhado de uma hospedagem. Existe um limite para o tempo de resposta, assim como outras ferramentas para gestão de conteúdo, que há um limite (seja custo ou técnico) para realizar.

Voltando à análise, utilizando o Pingdom, podemos já mergulhar um pouco mais no que está dando problema para as páginas mais lentas. A ferramenta mostra em cascata o que pode estar demorando mais de 2-3 segundos e é excelente para entender que tipo de recurso está “travando” a experiência do usuário.

image1.png

Um problema comum é o uso de fontes hospedadas de terceiros e / ou imagens que não foram otimizadas para a web. As fontes são carregadas acima da primeira dobra e, se havendo atrasos na resposta do provedor terceiro, isso pode levar o um alto carregamento da página.

Recomendação: ao trabalhar com designers e desenvolvedores front-end, pergunte se eles adicionam fontes seguras da Web para seu design. Se as fontes seguras da Web não funcionarem com o design, considere as fontes do Google ou o Adobe Typekit.

Tenha o desenvolvimento como aliado

Trabalhe com seus desenvolvedores que entendam de front-end para garantir que todo o JavaScript seja configurado para carregar de forma assíncrona. I

Isto permite que outros scripts sejam executados sem aguardar a conclusão da chamada do script anterior, carregando mais rápido. 

Aliás este é um problema comum que você encontra em grandes plataformas como Magento, Shopify, NetSuite, Demandware e BigCommerce, principalmente devido a milhares de módulos ou extensões adicionais. Por isso é importante trabalhar com seus desenvolvedores para avaliar cada chamada de script para dependências na página e se a execução do script pode ser adiada.

Limpar o código no cabeçalho de suas páginas da Web e investigar tamanhos de arquivo excessivos é essencial para alcançar um tempo de carregamento de um segundo acima da dobra. 

Se o código parecer estar limpo, mas os tempos de carregamento da página ainda estiverem excessivos, avalie o tempo de resposta. 

O tempo de resposta acima de 200 milissegundos excede o limite do Google. 

Ferramentas como o Pingdom podem identificar problemas de tempo de resposta relacionados ao sistema de nomes de domínio (DNS) e / ou tamanho excessivo de documentos, bem como problemas de conectividade de rede. 

Reúna suas informações, faça parceria com sua equipe de TI e concentre-se em uma experiência de cliente de carregamento rápido.

Conclusão

No post de hoje mostramos como fazer a velocidade e performance do seu site parte da sua rotina de SEO. 

Gostou do conteúdo? Então compartilhe com seus amigos e colegas.

Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário abaixo que ficarmos felizes em respondê-lo.

Sobre a Netzei

A Netzei é um SaaS CMS que reúne em um só lugar o gerenciamento de conteúdo e publicação completa de todas suas soluções digitais, como sites, blogs ou landing pages, descentralizando o gerenciamento de conteúdo e publicando-a em uma CDN global para times, empresas e agências.

Utilizamos o poder da API e integrações para escalar sua estratégia digital, economizando milhares de horas com a instalação de ambiente para produção de sites, servidor de hospedagem, escalabilidade, performance e segurança. 

Quer saber mais? Acesse: https://netzei.com


Inscreva em nossa newsletter

Acompanhe todos nossos conteúdos!

Enviamos os melhores conteúdos para o seu e-mail

Periodicamente realizamos um sorteio para quem nos acompanha!

Periodicamente realizamos um sorteio para quem nos acompanha!